Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Assins & Assados

The Green Affair - comida vegana num ambiente sofisticado

por Paulina Mata, em 11.05.19

green affair 2.jpg

 

amarelo.jpg

 

 

A primeira vez que passei à porta do The Green Affair, fiquei curiosa... Estava fechado, e estavam a preparar as mesas. De fora vi um ambiente agradável, confortável e sofisticado, mais sofisticado do que é habitual em restaurantes veganos. 

 

green affair 4.jpg

green affair 3.jpg

 

Voltei num sábado a seguir para almoçar. Reconheço que já era tarde, e a cozinha estava já fechada. Penso que a situação está agora ultrapassada e que estão abertos todos os dias das 12 - 23 horas. Umas semana depois estava na zona por razões de trabalho, acabei por volta das 13 horas e resolvi ir lá almoçar. Arranjei mesa por pouco, o restaurante estava completamente cheio.

 

Sugeriram-me o menu de almoço. Notei que era fixo, com pratos diferentes em cada dia da semana. Havia sempre um prato que era um versão vegana de um prato que faz parte das memórias gastronómicas dos portugueses (no dia Tofu com Natas)  e outro mais internacional (no dia um Hambúrguer, que pelo que vi nas mesas à volta fazia sucesso). Disse que preferia escolher da carta. A empregada insistiu, que o hambúrguer era muito bom, o prato preferido dela. Insisti nas minhas escolhas... uma entrada e um prato.

 

Chegou a entrada, era bonita e colorida.  Muito fresca e agradável também. 

 

IMG_20190402_134323.jpg

Tártaro de Beterraba com Pasta de Abacate

 

Para prato principal, apeteceu-me algo mais tradicional, sabores portugueses...

 

IMG_20190402_141406.jpg

Arroz Malandrinho de Tomate com Sabores do Mar

Tofu selado com o nosso molho do Mar, Cogumelos e Salicórnia

 

Soube-me bem. Uma cozinha conforto e bastante saborosa. Fui olhando à volta, pessoas que trabalhavam por ali, grupos de amigos, mesas só com homens, só com mulheres, ou com homens e mulheres, alguns casais, num deles o homem era uma cara conhecida da televisão. Gente de todas as idades. Uma heterogeneidade de clientes que não é muito habitual num restaurante vegano.

 

Apeteceu-me ficar mais um pouco. Decidi comer uma sobremesa. Pedi uma que não fosse muito doce. Indicaram-me uma que não tinha açúcar refinado adicionado. Arrisquei...

 

IMG_20190402_144236.jpg

"Cheesecake" crudívero de Caju, Citrinos e Romã com uma base de Frutos Secos e Tâmaras

 

Comi com gosto, mas sem entusiasmo, até meio e deixei o resto. Era muito e um pouco pesado. Acho que tinha ficado mais contente com uma das outras sobremesas. Fica para a próxima...

 

Os preços são razoáveis, não me lembro do valor exato, mas penso que andou pelos 20 euros, talvez uma pouco menos.  Se tivesse optado pelo menu de almoço teria pago 9,5 euros por uma entrada, um prato e uma bebida.

 

Apenas um senão... o restaurante é grande (comprido) e tem uma esplanada, a cozinha é no fundo. Tal faz com que haja um constante vai e vem dos empregados de mesa, atarefados e acelerados. Ver os empregados a correr sempre me deixou cansada, parece que passo eu também a refeição a correr. Sempre achei que um pouco mais de calma não reduziria em muito a eficiência. Penso que cada um fazia o seu melhor, mas acho que era necessária alguma formação para que não se desse tanto por eles e  sentíssemos um pouco mais de calma.

 

Um bom restaurante vegano. Fazem falta mais assim. 

 

The Green Affair -  Av. Duque de Ávila 32-A, Lisboa

1ª, 2ª e 3ª Fotos DAQUI