Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Assins & Assados

Cantina Zé Avillez

por Paulina Mata, em 24.07.18

IMG_20180707_145939.jpg

 

amarelo.jpg

 

Num sábado de compras na Baixa, em que de repente me apeteceram sabores portugueses, rumei ao Campo das Cebolas. Depois das obras está muito bonito e ainda não conhecia a Cantina Zé Avillez.

 

O espaço é bonito, com um ar leve e agradável, com muita luz e uma esplanada. Não entendo bem o nome, para nós cantina é um restaurante de escola ou empresa, nada que traga boas expetativas. Penso que deve ser um nome para estrangeiros e associado ao significado em Espanha ou Itália, ou seja uma taberna. Mas considerando que é de cozinha portuguesa, é um opção um pouco estranha. Gostei do pormenor dos azulejos nas cadeiras e da promessa de uma cozinha portuguesa, que era o que procurava. 

 

IMG_20180707_142927.jpg

 

Gosto muito de miudezas, e outras partes consideradas por muitos menos nobres, mas que têm sabores e texturas únicos. A escolha recaiu em pratos destes.

 

IMG_20180707_143424.jpg

Mãozinhas de vitela com grão e enchidos

 

IMG_20180707_144342.jpg

Iscas finas de porco com batata frita e cebolada

 

De sobremesa um pudim...

 

IMG_20180707_150433.jpg

Pudim de Mel e Azeite com Ananás

 

Gostei da mãozinha de vitela, muito saborosa e a textura gelatinosa do molho muito boa. Fiquei contente por as iscas serem de porco, as que gosto mais. Quando as vi fiquei desconfiada com o molho, demasiado cremoso.  Preferia-o menos cremoso, mas o sabor era bom - o das iscas de cebolada. As iscas, muito, muito finas estavam tenras. Agora não gostei nada do acompanhamento... Eu sabia ao que ia, estava escrito no menu. As batatas até eram boas. Mas para mim as iscas dão-se bem melhor com batatas cozidas. Talvez seja mais fácil servir batatas fritas, talvez os estrangeiros até possam gostar mais (não sei...), é coerente com a tendência (muito pouco interessante) de quase tudo vir com batata frita nos restaurantes portugueses. Mas não gostei da ideia. As iscas não ganharam nada com estas as alterações, antes pelo contrário.

 

Relativamente ao pudim, na carta prometiam um pudim denso e dourado que se derretia na boca. Sendo estas as minhas expetativas, não foram satisfeitas. Acho que deve ter cozido um pouco demais, não estava denso, não se desfazia na boca, como aliás se pode ver da foto. O sabor era bom, gostei da ideia do ananás e ligava bem. Mas é preciso optimizar um pouco a receita e/ou a cozedura para ficar como o menu promete.

 

O restaurante pretende ser de comida portuguesa, mas os pratos vegetarianos são um chilli e um caril verde, ou seja muito pouco portugueses. Penso que isto deve ser repensado, e com base nos sabores portugueses oferecer pratos de qualidade. Há tanto por onde escolher.

 

Em resumo, gostei da ideia de um bom restaurante de comida familiar, mas penso que há muito espaço para melhorar e algumas coisas que devem ser repensadas, um processo normal num restaurante que ainda não abriu há muito. 

 

 

Cantina Zé Avillez -  Rua dos Arameiros, 15, Lisboa

 

 

 

 

6 comentários

Comentar post