Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Assins & Assados

De volta ao Mercado da Ribeira

por Paulina Mata, em 05.02.17

IMG_20170131_110110.jpg

 

azulescuro.jpg

 

 

IMG_20170131_105626.jpg

IMG_20170131_105522.jpg

IMG_20170131_105527.jpg

IMG_20170131_105541.jpg

IMG_20170131_105727.jpg

IMG_20170131_105640.jpg

IMG_20170131_105648.jpg

IMG_20170131_105704.jpg

IMG_20170131_105711.jpg

IMG_20170131_105720.jpg

IMG_20170131_105806.jpg

IMG_20170131_105949.jpg

IMG_20170131_112112.jpg

IMG_20170131_105835.jpg

IMG_20170131_111113.jpg

IMG_20170131_111140.jpg

IMG_20170131_111246.jpg

IMG_20170131_111340.jpg

IMG_20170131_111400.jpg

IMG_20170131_112019.jpg

IMG_20170131_112052.jpg

 

 

O renovado Mercado de Arroios

por Paulina Mata, em 28.01.17

IMG_20170128_113419.jpg

 

beige.jpg

 

O mercado de Arroios é bem pertinho de minha casa.  Vai fazer este ano 75 anos e frequento-o há 40 anos. Não tantas vezes quanto gostaria... os horários dos mercados não são muito amigos de quem trabalha a semana inteira e, ainda menos, se ao sábado quer preguiçar um pouco. Hoje dei uma saltinho até lá, era o dia da re-abertura depois de um longo período de obras de remodelações. Tinha curiosidade de ver como estava. 

 

IMG_20170128_114701.jpg

 

Ao entrar fiquei contente e bem aliviada. Um mercado mais animado e frequentado do que o via há muito (dia de re-abertura e curiosidade certamente), mas o que encontrei foi o mercado do costume, com as caras do costume.

 

IMG_20170128_114524.jpg

 

Foi bom, o processo de gentrificação a que os mercados têm sido sujeitos não me encanta, nem me atrai. Sempre defendi que se deveria pensar nos mercados como mercados e actualizá-los, seja integrando nas bancas produtos com outras características, seja dando formação aos vendedores para que as coisas possam ser mais atraentes (mais qualidade, melhor apresentação), seja alterando horários e tornando-os mais compatíveis com o nosso modo de vida... mas devem ser mercados. Felizmente o meu mercado continua um mercado!

 

IMG_20170128_113728.jpg

IMG_20170128_114834.jpg

IMG_20170128_113758.jpg

IMG_20170128_113826.jpg

IMG_20170128_113830.jpg

 

Ainda há bancas por ocupar, e esperemos que breve o mercado ofereça uma maior diversidade de produtos, e que esses representem a diversidade étnica da freguesia de Arroios. No centro há uma zona para eventos e, segundo compreendi, no último fim de semana de cada mês terá lugar um mercado com artesanato e produtos regionais.

 

IMG_20170128_113450.jpg

IMG_20170128_113952.jpg

IMG_20170128_114013.jpg

IMG_20170128_114027.jpg

IMG_20170128_114139.jpg

IMG_20170128_114153.jpg

 

Os mercados também devem ser espaços de educação, e este vai ter essa componente. Estão previstas acções de educação sobre alimentação para crianças e jovens e há um espaço criança.

 

IMG_20170128_115321.jpg

 

Lembro-me muitas vezes de um espaço que vi uma vez no mercado de Leeds onde as pessoas se podiam inscrever e eram dadas aulas sobre conhecimentos básicos de cozinha para pessoas que não sabiam cozinhar. Isto como forma de educação alimentar. As aulas começavam com as compras no próprio mercado, para que conhecessem novos produtos e aprendessem a escolher, e continuavam com a sua preparação e finalmente eram cozinhados alguns pratos. Achei uma iniciativa interessante, que se calhar poderia ter lugar nestes mercados que se pretendem re-animar.

 

Vai ainda ser construída no topo do mercado uma estufa hidropónica, sem recurso a solo, uma iniciativa da start-up Lisbon Farmers, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e da Junta de Freguesia de Arroios. Serão ali produzidos alimentos hortícolas e ervas aromáticas que serão escoados no próprio mercado. 

 

IMG_20170128_113612.jpg

IMG_20170128_113533.jpg

 

Nos últimos meses já abriram alguns restaurantes nas lojas exteriores do mercado. Embora tenham janelas, e mesmo entradas, do lado do mercado, entra-se principalmente pelo exterior.

 

IMG_20170128_114224.jpg

IMG_20170128_115540.jpg

 

Este último é de Paulo Dionísio que tem um talho ao lado. Hoje estava no talho a atender os clientes, mas já fui algumas vezes jantar ao restaurante (que serve boa carne) e vejo-o sempre por lá.

 

IMG_20170128_114945.jpg

IMG_20160704_201057.jpg

IMG_20160704_202222.jpg

 

Irão abrir outros espaços, nomeadamente o Mezze dinamizado pela associação Pão a Pão - Projecto de Integração de Refugiados.

 

Foi hoje, no Mercado de Arroios, também lançada a marca "Mercados de Lisboa" que envolverá os 25 mercados de Lisboa, cuja imagem e qualidade serão melhorados.

 

IMG_20170128_114612.jpg

 

Hoje fiquei com vontade de ir mais vezes ao mercado, e tenho muita curiosidade de ver como vai evoluir. 

Farmers Market de St Andrews

por Paulina Mata, em 22.10.16

IMG_0725-1.jpg

 

azulescuro.jpg

 

Continuando pela Escócia, desta vez por St Andrews, depois de uma visita à catedral (em cima), à universidade (a 3ª mais antiga em países de língua inglesa, a mais antiga da Escócia, e onde o Príncipe William conheceu Kate), e uma espreitadela aos campos de golfe (inevitável, sempre é o campo de golfe mais antigo do mundo), foi a vez de visitar o  farmers market. Gosto sempre de visitar os farmers markets no Reino Unido, em geral muito concorridos, e com produtos diferentes e formas diferentes de os expor. Apesar do mercado estar nesse dia com menos bancas do que é habitual (tempo de férias), valeu a pena. É uma excelente forma de conhecer mais profundamente um local, quem o habita e os seus hábitos alimentares.

 

IMG_0720 m.jpg

IMG_0719 m.jpg

IMG_0713 m.jpg

IMG_0716 m.jpg

IMG_0718 m.jpg

 

E ali bem perto a loja e queijos era maravilhosa!

 

IMG_0722 m.jpg

 

Mercado do Peixe de Fortaleza

por Paulina Mata, em 01.10.16

mp esp2.jpg

azulescuro.jpg

 

Visitar um mercado é sempre uma forma de conhecer um local e de tomar contacto com a diversidade de pessoas que o habitam, a sua forma de vida e os seus hábitos alimentares. Gostei de ir ao Mercado do Peixe em Fortaleza no Brasil.

 

mp g1.jpg

mp px4.jpg

mp px6.jpg

mp px3.jpg

 mp px2.jpg

mp px5.jpg

mp px1.jpg

 

Logo ali, junto às bancas, uma esplanada a que é impossível resistir.

 

mp esp1.jpg

 

Comprámos uns camarões, sentámo-nos e o empregado veio perguntar como queríamos que os cozinhassem. É óptimo poder comprar o peixe e logo ali pedir para ser cozinhado.

 

mp esp3.jpg

 

Minutos depois ali estavam eles!

 

mp esp4.jpg

 

Com um cerveja bem gelada, e esta vista magnífica!

 

mp vt1.jpg

mp vt2.jpg

 

 

Coventry Market

por Paulina Mata, em 07.08.16

IMG_20160727_144425.jpg

 

 

azulescuro.jpg

 

 

Visitar um mercado é sempre uma forma de conhecer um local e de tomar contacto com a diversidade de pessoas que o habitam, a sua forma de vida e os seus hábitos alimentares. Gostei de ir ao Coventry Market em Inglaterra.

 

As fotos dizem tudo...

 

IMG_20160727_143944.jpg

IMG_20160727_144053.jpg

IMG_20160727_144126.jpg

IMG_20160727_144100.jpg

 

 

Mercado da Ribeira - os tempos mudam, os hábitos mudam e as mudanças deixam marcas.

por Paulina Mata, em 02.07.16

 IMG_20160625_123844.jpg

 

cinzento.jpg

 

Mercado da Ribeira, um sábado ao fim da manhã. Quase ninguém... Podia ficar pela beleza de alguns produtos expostos.

 

IMG_20160625_123227.jpg

IMG_20160625_123603.jpg

 IMG_20160625_123612.jpg

 IMG_20160625_123635.jpg

 IMG_20160625_123902.jpg

 IMG_20160625_123917.jpg

 IMG_20160625_124013.jpg

IMG_20160625_124342.jpg

IMG_20160625_123302.jpg

 

Mas não dá para enganar. Fiquei triste. A decadência do mercado propriamente dito deixou-me um gosto amargo. Os tempos mudam, os hábitos mudam. As mudanças deixam marcas. E nos mercados deixaram marcas muito fortes. Na zona de mercado da Ribeira também. Um mercado vazio, muito vazio. Um panorama que contrasta com o que o rodeia - o processo de gentrificação da zona e de parte do mercado. 

 

Passei pela zona de alimentação. Cheia, muito cheia. Questionei-me se aquelas pessoas encontravam ali o que procuravam. Questionei-me sobre que tipo de experiência procuravam. Sobre se as expectativas eram satisfeitas. Já, em tempos, me fui lá sentar a ver se descobria o que atraía tanta gente. Não consegui descobrir.

 

Voltei para o mercado. Passei pela banca onde uma senhora de idade avançada com as mãos deformadas pelos anos, e sobretudo pelo trabalho, vendia flores que fazia com malaguetas, papel e sacos de plástico. Não resisti a trazer uma flor, e uma história de vida veio atrás. Tanto de ternura e de ingenuidade, o que possivelmente se perdeu do outro lado. Mas o mundo é outro... os tempos mudam, os hábitos mudam. As mudanças deixam marcas.

 

IMG_20160625_123315.jpg

IMG_20160625_123353 (2).jpg

 

Atravessei a rua, na tasca em frente servia-se comida portuguesa, genuína, boa... mas o tempo passou, e ali não... Dava que pensar. De um lado passou demasiado depressa, levando quase tudo à frente. Do outro não acompanhou os tempos. Notava-se alguma decadência.

 

Como atingir o equilíbrio? Como conseguir o melhor dos dois mundos - do que passou e deste em que vivemos? Como conseguir que umas coisas puxem pelas outras?

Brighton Open Market

por Paulina Mata, em 22.04.16

bom1.jpg

azulescuro.jpg

 

Visitar um mercado é sempre uma forma de conhecer um local e de tomar contacto com a forma de vida e os hábitos alimentares das pessoas que o habitam. Gostei de ir ao Brighton Open Market em Inglaterra.

 

As fotos dizem tudo...

bom2.jpg

bom3.jpg

bom4.jpg

bom5.jpg

bom6.jpg

 

bom7.jpg

bom8.jpg

 

bom9.jpg

 

bom10.jpg

bom11.jpg

bom12.jpg

 

Mercado Público Central de Porto Alegre

por Paulina Mata, em 05.03.16

Mercado_público_de_porto_alegre.jpg

azulescurogrande2.jpg

 

Visitar um mercado é sempre uma forma de conhecer um local e de tomar contacto com a forma de vida e os hábitos alimentares das pessoas que o habitam. Sobretudo quando são mercados bem vivos como é o caso do Mercado Público Central de Porto Alegre.

 

As fotos dizem tudo...

 

IMG_20151112_125856.jpg

IMG_20151112_123947.jpg

IMG_20151112_124827.jpg

IMG_20151112_130439.jpg

IMG_20151112_130346.jpg

IMG_20151112_130402.jpg

IMG_20151112_125508.jpg

IMG_20151112_125659.jpg

IMG_20151112_125350.jpg

IMG_20151112_125425.jpg

 

IMG_20151112_124750.jpg

IMG_20151112_124619.jpg

 

1ª foto DAQUI