Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Assins & Assados

Um local com um ambiente interessante, uma boa comida, e ainda o inesperado conforto de falar em português

por Paulina Mata, em 20.01.18

pub.jpg

 

amarelo.jpg

 

Num destes sábados fui fazer umas compras e decidi almoçar pelo centro. Estava muito frio, apetecia-me uma ambiente confortável e uma comida que me desse também conforto. A escolha recaiu no Golden Cross o pub mais antigo de Coventry, num edifício construído por volta de 1583,  e onde existe um pub desde 1661.

 

Entrei, um ambiente agradável e bem característico, alguns grupos, uns maiores outros menores, conversando à volta de uma cerveja, outros almoçando. Uma das empregadas indicou-me uma mesa e disse-me para ir ao balcão pedir. Assim fiz, pedi uma cerveja e depois o prato. Quase no final ela diz-me, meio a medo, "Are you portuguese?". Sim era, e ela também... Conversámos um pouco, está cá a estudar, trabalha ali em part-time. ...

 

Tive o que precisava, um ambiente interessante e confortável num local com uma longa história, uma boa comida, e ainda o, inesperado, conforto de falar em português.

 

pub1.jpg

 

 

Um encontro com uma velha conhecida

por Paulina Mata, em 01.12.17

IMG_20171201_144645.jpg

 

beige.jpg

 

Há muito que a conhecia, desde Dezembro de 2013 - quase há quatro anos. Descobria-a acidentalmente, pesquisei sobre ela e passou a ser um dos temas discutidos nas minhas aulas. Nunca nos tínhamos cruzado, até hoje... Não esperava encontrá-la, e de repente, ela ali estava! Ela não é a mulher na foto, ela está sobre a mesa e é a Black Cow Vodka. A primeira vodka no mundo produzida a partir de leite.

 

Black+Cow+Vodka.jpg

 

A família de Jason Barber estava envolvida na indústria de laticínios desde 1833, ele seguiu as pisadas da família e criava vacas na sua quinta, sendo o leite usado para produzir queijo Cheddar.

 

Uma das suas bebidas favoritas era vodka. Jason Barber sabia que a partir do leite das éguas se fazia nalguns países uma bebida alcoólica. Então decidiu produzir vodka a partir do leite das suas vacas, ou melhor, a partir do soro obtido no fabrico do queijo. Tinha ainda a vantagem de resolverem o problema de um desperdício, tornando-o útil.

 

Fizeram testes durante três anos, até desenvolverem um método e um produto que o deixou satisfeito. Começaram então a produzir para vender. Uma vodka diferente das outras, mais suave e mais cremosa. O sucesso foi tanto que se inicialmente a vodka era um sub-produto do queijo, rapidamente o queijo se tornou num sub-produto da vodka, como dizem a brincar.

 

Li um artigo no The Guardian sobre isto em 2013, achei muito interessante, passei a falar disto nas aulas. Nunca tinha provado. Até hoje... e se repararem bem no que está em cima da mesa, podem ver que provei todos os produtos daquele leite, ou seja o queijo e a vodka Black Cow. Não bebo vodka normalmente, por isso não sei comparar. Esta provei pura, e gostei.

 

Trouxe também para casa um conjunto destes, para provar " the whole milk" com mais calma:

 

Black cow whole milk.jpg

 

Gostei mesmo deste encontro inesperado com uma vodka conhecida!

 

 

2ª e 3ª Fotos DAQUI

 

 

 

Deixei-os lá. Mas com alho, sal e oregãos teriam ficado bem...

por Paulina Mata, em 11.07.17

caracois.jpg

 

beige.jpg

 

Numa panela de água com alho sal e oregãos teriam ficado muito bem. Mas deixei-os lá...

 

 

Verdade, verdade... ficaram lá pois eram muito pequenos ainda.