Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Assins & Assados

National Geographic Food - muito para ler, aprender e descobrir!

por Paulina Mata, em 09.02.18

NGF1217_cover_340.jpg

 

preto.jpg

 

Gosto de revistas sobre comida, proporcionam-me agradáveis momentos de descanso e aquisição de conhecimento. Gosto de sair de casa para passar um tempinho num café com uma revista na carteira. Em geral não escolho as revistas que tenham predominantemente receitas, dessas só compro as que têm outro tipo de artigos pelo meio. Há outras com artigos que requerem uma maior concentração, e também mais difíceis de encontrar, que nem sempre me apetece, ou consigo ler ou encontrar. Há dias no supermercado olhei para o escaparate das revistas, e por entre muitas, mas mesmo muitas de revistas sobre este ou aquele tipo de dieta, sobre clean eating  ou mindful eating e outras coisas assim, vi uma revista que nunca tinha visto - National Geographic Food. Comprei. Verifiquei depois que era o primeiro número da revista.

 

Gostei muito, já saiu várias vezes na minha carteira e ainda tenho muito que ler. Artigos sobre vários produtos e ingredientes (chocolate que é o tema de capa, e menos aprofundado romã, choco, veado, nabos ou queijos para raclette), sobre técnicas (assados, pickles), bebidas (um grande artigo sobre whiskies menos habituais e de todo o mundo), restaurantes (entrevista com um dos donos do Smoking Goat e Kiln em Londres, o Wat Damnak no Cambodja e alguns outros em vários países), comidas e ingredientes de diversas paragens (a biodiversidade nas pequenas quintas da Jamaica, cozinha grega, foraging na Suécia, fazer pasta em Itália), modas ou tendências, livros  e outros temas (diversas fontes de proteínas ou a vida dos agricultores com bancas em Farmers' Market). E, claro, sobre Lisboa - uma entrevista com o Nuno Mendes relacionada com o seu livro Lisboeta: Recipes from Portugal's City of Light, e um outro, A Taste of Lisbon, com sugestões de coisas a provar e locais a visitar em Lisboa. Mas também numa sugestão de uma tábua de queijos lá está um São Jorge. Tudo isto entre muitas outras coisas. Artigos curtos, mas informativos, um aspecto atraente, uma enorme diversidade de temas, algumas receitas pelo meio, quando vem a propósito. Tanta informação que, apesar da revista já ter saído várias vezes na minha carteira, ainda tenho muito para ler.

 

O pior é que já saíu o segundo número, o tema de capa são os tagines. Descobri o primeiro número tarde, mas felizmente a tempo, e vou ter agora que alternar a leitura ente os dois.

 

161077.jpg

 

Muito para ler, aprender e descobrir! 

 

 

2 comentários

Comentar post